Que você não tenha tranquilidade em 2015…

Faaaaala Coach!

Quando eu era servidor público e ocupava o cargo de advogado da União, minha mulher sempre me dizia que tinha medo que eu jamais me sentisse tranquilo, mesmo depois que eu realizasse o meu sonho de viver a vida que eu queria ter.

E mais do que isso… eu tinha um medo que você nem imagina. Eu conto tudo isso no vídeo abaixo.

Assiste e depois me conta nos comentários, qual história de sucesso você quer contar na virada do ano que vem, no dia 31 de dezembro de 2015.

Um abraço e vamoooooooo

Geronimo

13 Comentários

  1. Myrian

    Oi Gerônimo! Passei 10 anos numa empresa e coordenava o setor de Recrutamento e seleção. Entrei para substituir uma licença maternidade e fiquei todo esse tempo!!! Ufa!!! Os dois primeiros anos foram ótimos porque via sentido no que fazia. Muitas unidades foram criadas e dessa forma vários empregos foram gerados e muitas pessoas foram também promovidas. Ficava feliz com as conquistas das pessoas e em muitas vezes contribuir com o crescimento delas dentro da instituição. Depois, muitas coisas mudaram,o meu trabalho ficou extremamente burocrático e eu não via mais nenhum sentido naquilo! Entendo quando você fala em martírio! A história que quero contar é que, de fato, trabalhei com algo que acreditava e que fazia diferença na vida de alguém. Que pude contribuir e pude pensar, questionar, mudar de ideia… E contar para a minha filha que é sim possível ser feliz no trabalho. Que ele vai trazer inquietações, cansaço,…. Mas que pode ser gratificante. Quero contar que é possível ser bem sucedido fazendo o que gosta, colaborando com as pessoas e mantendo seus princípios e valores! Um forte abraço!!!!

    Responder
  2. André Monc

    Curti muito esse videos e os outros que vc posta. Para 2015 quero adquirir plena e total independência financeira e conseguir ter as coisas que desejo.

    Grande abraço

    Responder
  3. Fernanda

    Quero contar em 31 de dezembro de 2015 o quanto fui bem sucedida em minha empresa de salgados congelados e que estarei vendendo 1 tonelada de salgado congelado por dia.

    Responder
  4. Rosalira

    Gerônimo,

    Em 2015 eu vou construir uma história muito semelhante a que você construiu em 2014. Eu vou largar um emprego público federal, com um bom salário (um pouco menor que o seu) e a armadilha mortal da estabilidade e vou me dedicar ao trabalho como coaching. Vou comprar o seu programa e vou conseguir ganhar muito bem fazendo o que eu gosto (o que eu gosto, näo, o que eu preciso fazer) e vou me olhar no espelho e ver refletida nele a imagem da pessoas que eu realmente sou. E näo uma máscara social que me asfixia e (quase) me impede de respirar. É isso. Aguarde meu vídeo em 2015..

    Responder
  5. Fatima

    Quero vencer minha insegurança, para me tornar Coache aos 64 anos e por via de consequência ter coragem para estudar, praticar e enfrentar minhas angústias e, no final do ano, te mandar um vídeo, quem sabe, treinando líderes com coaching. Fiz o curso de Coaching em outubro de 2013, pensando apenas em auto realização e mudança pessoal, mas não sabia o quanto isso iria afetar minha vida. Atingi minha principal meta definida naquela momento, mas sinto que falta muito mais. Só preciso de coragem. Minhas experiências são apenas de ter feito coache com um colega e ter tido um único coachee.

    Responder

    1. Fatima, vou esperar seu vídeo!!!
      A melhor forma de você achar coragem é identificando sua segunda camada… aquilo que vai fazer você continuar quando todo mundo pararia.
      Um abraço e vamoooooooo
      Geronimo

      Responder
  6. Priscila Mothe

    Gerônimo, Essa semana, 04-02, completei 15 anos de empresa, onde entrei com 17 anos, ou seja, minha primeira e única experiencia. Essa empresa apesar de ser privada, me dá uma certa estabilidade, pois conquistei a confiança das lideranças que trabalham comigo, através do meu comprometimento com prazos e qualidade no trabalho, persistência e força.
    Nesse momento de ” aniversário empresarial”, aproveitei para refletir sobre o que de fato eu quero da minha vida. Hoje, não me sinto feliz no meu trabalho, mas preciso do meu salário, que não é ruim. Hoje, me sinto sufocada pelo meu trabalho. O meu sentimento é que vivo para o trabalho, que tenho apenas os fins de semana para curtir a minha filha de 3 anos, meu marido, minha casa, enfim, viver a vida.
    Tenho um sonho, amo cantar, amo cantar para Deus e amo ajudar as pessoas, amo conversar com as pessoas, amo direcionar as pessoas. O seu site foi o primeiro contato que tive com essa “profissão coach”. Mas ainda não sei bem se consigo ganhar dinheiro com essas paixões que tenho. Mas tenho um sonho, de ir em países que poucos vão e ajudar aquelas pessoas. Sou uma pessoa estratégica, visionária e amo ser útil.
    Se eu tivesse coragem, eu largaria sim o meu emprego, mas por não ter tão claro o que eu posso fazer para ganhar dinheiro com o que eu gosto, meu sinto paralisada para tomar essa decisão, afinal, não tenho pai rico e nem me casei com um homem rico. Aguardo uma orientação sua. Grande abraço.

    Responder
  7. Emílio Rafael

    Fala Coach, tenho 31 anos, e escolhi ser morno logo após o fim do ensino médio, nesses 14 anos que se passaram só bati cabeça, tive empregos mornos e fui empreendedor algumas vezes, mais estou entusiasmado para ser Coach e fazer Coaching, quero ter histórias para contar para meus filhos e netos! Meu vídeo de 31/12 vai ser sobre minha formação e início das atividades e captação dos primeiros clientes, 2015 vai ser o primeiro ano do resto da minha Intensa e Intranquila vida!

    Responder
  8. Rui Alexandre Medeiros

    Gerônimo, grande abraço.

    Eu me identifico com a tua história.

    Sou advogado a 12 anos, sou competente no que faço, mas já cansei de dizer para a minha esposa que eu quero fazer outra coisa. A advocacia não me realiza e por esta razão não é essa a história que eu quero contar.

    Eu já fiz treinamentos com base em PNL e fiz um curso Practitioner em PNL pelo instituto VOCÊ e isso mudou a minha visão de mundo, me abriu novas perspectivas para fazer diferente. Sou louco por conhecer mais e me tornar um Coach e viver disso, logicamente este curso quero fazer em 2015 e contigo, pois, sou um admirador da tua história e do teu trabalho, ainda que isso custe alguns sacrifícios. Descobri que quero viver ajudando outras pessoas, mas, infelizmente estou preso no que faço, moro em Alegrete, uma cidade pequena do Interior do Rio Grande do Sul e sei que preciso fazer diferente para mudar de vida e o meu destino.

    Em 2015 a minha meta é fazer o curso de Coach e obter além da certificação o conhecimento que me de a base suficiente para buscar viver de Coach e no devido tempo largar a advocacia.
    Estou sempre buscando material na internet e assistindo teus vídeos.
    Em 31 de dezembro de 2015 eu quero gravar um vídeo contado a história de como foi o começo da minha mudança de vida, de como eu me tornei um Coach e de como esta sendo as primeiras experiências de ajudar outras pessoas.

    Forte Abraço.

    Rui Alexandre Medeiros.

    Responder
  9. Juliana

    Olá Geronimo, boa tarde!
    Ainda não sou coach, mas em breve serei…
    Me inscrevi hoje para fazer o treinamento de coaching na SBC em São Paulo.
    Meu treinamento terá inicio em maio e final em julho/15.
    Tenho acompanhado muitas postagens suas na internet, o que me deixou bastante empolgada em relação a esse novo desafio na minha vida.
    Nem fiz o curso ainda, mas já estou com vontade de dar continuidade a ele… rsrs
    Por isso venho fazer contato com você.
    Já fiz o cadastro no seu site… mas gostaria de informações mais concretas, entende?
    Gostaria de saber as informações sobre o profissinal coach, como funciona… quanto tempo… e o principal… quanto custa…como faço? não consegui essas informações em lugar algum… por isso apelei para esse espaço aqui.
    Preciso me programar em relação a tempo bem como financeiramente, pois quero faze-lo o quanto antes.
    Aguardo seu retorno.
    Ah e sabe o que quero para dezembro de 2015? SUCESSO COMO COACH!!!!!!
    Obrigada
    Juliana Lopes Tassoni

    Responder
  10. Leoni Oliveira

    Uma História de sucesso profissional, pessoal e financeira para realizar todos os outros desejos.

    Responder
  11. Arley

    Agora em 2017 farei 22 anos e estou fazendo uma formação em Geografia pela Universidade de Pernambuco, mas definitivamente amo falar em público e me apaixonei pelo coaching… Dia 31 de dezembro de 2017 quero gravar um vídeo contando como dei início meu negócio com minha namorada( futura esposa) e como estou tão perto de fazer uma formação coach ….

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.