Como um coach pode se auto motivar

Recebi essa excelente pergunta sobre motivação para os coaches. Eu sou coach e preciso me motivar também, afinal de contas eu tenho insucessos. Alguns cenários possíveis para a falta de motivação: não ter conseguido cliente, sair da formação mega motivado e não conseguir me manter como coach, não conseguir faturar o suficiente pra fazer minha próxima formação ou não conseguir ajudar um cliente a ter o resultado esperado dele…

Entendo bem o sentimento de não ter clientes e o de ter. Só pra dar um exemplo pra você… dentro do Profissão Coach (que é o programa em que eu ensino os coaches a terem sucesso profissional), quando os alunos chegam, mais de 70% nunca tiveram um cliente pagante na vida. Na turma anterior, 100% de quem chegou até o final do programa tinha cliente pagante.

“O que eu faço Geronimo pra eu como coach, me motivar?”. Todas as situações que eu já listei pra você podem acontecer, então você precisa entender 5 atitudes que vão ajudar você a se motivar.

Aprenda a ouvir “não”

Se liga, eu tenho dificuldade de lidar com um “não”, principalmente da minha esposa e dos meus filhos, e teria muita dificuldade de lidar com um “não” dos meus clientes. O que você tem que entender é que tudo depende da forma como eu vejo o mundo. Se eu começo a olhar pra cada “não” de forma diferente, vou enxergar que eu to mais perto de levar um “sim”.

Thomas Jefferson toda vez que tentava inventar a lâmpada e dava errado, dizia assim: “opa, inventei agora 153 jeitos de como não fazer a lâmpada elétrica!” (eu não sei quantas vezes ao certo hehe). Consegue entender? A cada “não” você acaba de aprender algo novo que não deu certo. Agora posso fazer diferente, melhor e de outro jeito pra que aquilo faça sentido.

O que importa é a nossa batalha interior, uma batalha que todos nós temos que lutar, aquela que acontece dentro da gente. Se você tem um “não”, de primeira nada muda na sua vida, mas aí você deve começar a sua batalha interior contra pensamentos como: “ah eu não sirvo pra isso”, “eu não tenho condições” e “ai que droga, o meu amigo já tem cliente e eu não”. Só depois disso é que a realidade começa a mudar. A forma como você vê o mundo também deve modificar, porque o que eu vejo eu crio. Quando eu vejo diferente, cada “não” passa a estar mais perto do “sim”.

Entenda onde cada erro leva você

Como já disse pra você, tudo é sobre batalha interior e sobre o que acontece dentro de você. Você pode pensar: “Ai errei Geronimo, escolhi a ferramenta errada! Você já escolheu a ferramenta errada???”. Que a minha vulnerabilidade seja a sua força… é claaaaro que isso já aconteceu! Já escolhi a ferramenta errada, já fiz um processo de coaching em que o cliente não tava tendo resultado esperado, já terminei sessão e senti que não valeu de nada. Assim como a dica anterior, cada vez que eu erro eu to mais perto da minha maestria, isso porque eu aprendi mais uma vez um jeito de como não fazer aquilo.

Então se eu fiz uma ferramenta ou uma sessão que não está tendo efeito, talvez essa ferramenta não seja a mais adequada para aquele cliente ou não faça tanta diferença pra aquele objetivo. O que pode acontecer, também, é o cliente não estar pronto ainda pra fazer a ferramenta X, Y ou Z. Lembra disso: cada erro é um passo mais perto da maestria.

Saiba que não é sobre você

Engraçado isso, né? Como nós coaches, precisamos entender que não é sobre nós. Se um cliente me dá um “não”, ele está dando um não para o processo de coaching e não para o Geronimo. Entende? Se o processo de coaching não foi tão eficaz para aquele cliente não é sobre mim, não é porque “eu não sou tão eficaz”. O processo de coaching naquela situação não foi tão eficaz pra ele. A ferramenta ideal não se trata de mim, já que aquela ferramenta não foi tão ideal pra aquilo.

Quando a gente começa a entender que não é sobre “mim”, e que quando é sobre o que “eu” faço vira ego, mais instrumento eu sou pro meu cliente. Afinal de contas, eu estou mais preocupado em gerar transformação ou estou mais preocupado em me medir como coach?

Entende? Quanto mais for sobre mim, e quanto mais for sobre “o quão bom eu sou como coach”, menos eu transformo o meu cliente.

Tenha um coach

Já ouvir a frase “coach que é coach tem o seu coach”?. Eu já fiz 4 ou 5 processos de coaching. Quantos coaches você já contratou? Às vezes você quer que o outro contrate um coach mas você que trabalha com isso, nunca contratou um. Esse é um ponto importante: tenha o seu coach, experimente e pague por um coach profissional. Isso vai te ajudar a ter mais clareza e a lidar com situações mais difíceis.

Encontre o seu apetite

Se você quer viver de coaching como eu quis um dia, quando eu era servidor público e queria largar o emprego, precisa ter apetite. Pra gente conseguir o que se quer na vida é preciso ter apetite! A gente tem que parar de viver sem querer e viver de propósito! Tem que ir pro seu trabalho de propósito e parar de viver sem querer, pra isso precisa ter apetite.

Não sei se já aconteceu com você… alguém coloca um prato de comida na sua frente e você fala “rapaz, sopa de jiló…”. Sopa de jiló não tem como abrir meu apetite, entende? Bota uma lasanha vegetariana sem glúten feita de palmito, maravilhosa… Uaaaaau vem pra cá, quentinha e cheirando bem! Pra você pode ser um filé mignon, não sei (eu sou vegetariano)… tem alimentos que dão apetite e outros que não.

Vai ter hora que vai dar vontade de parar (o trabalho, seguir com suas metas, permanecer no coaching), e é nessa hora que é preciso ter essa motivação. Você já viu alguém comer com apetite? Come bem, come forte, come rápido, come com atitude! Uma pessoa com apetite é totalmente diferente.

Montei uma empresa, um andar inteiro de empresa… Não é fácil, porque se fosse fácil todo mundo faria. Então tem horas que você tem que ter resposta para a seguinte pergunta: o que vai fazer você seguir quando todo mundo mais pararia? Isso é o apetite.

O que vai fazer você ter apetite pra fazer a sua vida acontecer? Motivação pra mudar a vida das pessoas e pra viver de coaching?

Como você tá saindo de casa? Tá saindo pra comer sopa de jiló ou tá saindo pra comer um prato que dá apetite?

Se você tiver afim de ter mais sacadas sobre Coaching, acredito que você vá curtir…

3 palavras proibidas no Coaching

Largar o emprego, medo, viver de Coaching e os próximos passos

Coaching, novela da Globo e a verdade sobre tudo isso

Eu errei em um processo de Coaching 😮

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.