Como Produzir um Conteúdo de Coaching memorável

Esse conteúdo é especial pra mim… é com o Henrique Carvalho do Viver de Blog e ele fala justamente de conteúdo de Coaching e como produzir conteúdos memoráveis para atrair clientes 🙂

Talvez você saiba, talvez não… O Henrique, assim como a gente que busca a nossa paixão como Coach, ele também buscou a paixão dele. Largou a faculdade pra viver a paixão dele!!!

Henrique: eu tinha 19 anos e fazia economia na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Estava no primeiro período e nada feliz, não gostava de ir pra aula e eu estudava lá o que eu queria estar estudando em casa, não o conteúdo da sala de aula, que eu devia estudar. Comecei a repetir algumas matérias ao ponto daquilo se tornar visivelmente errado e doloroso.

Henrique: Chegou um ponto que eu resolvi deixar a faculdade e montar um blog, que era meu sonho, pra falar sobre finanças e investimentos. Chegando em casa, por aquelas coincidências do universo, eu fui assistir um vídeo do Steve Jobs e ele fala lá uma frase que ficou comigo pra sempre que é sobre você ouvir a sua voz interior.

Henrique: Por mais que o mundo a sua volta esteja te mandando sinais que você deve seguir um caminho, quando tem algo dentro de você que é muito mais forte, você simplesmente ouve e na minha opinião, é essa voz que vai te guiar.

Agora se liga… o legal que a gente tá falando aqui é que não necessariamente seguir o coração é largar a faculdade. Às vezes seguir o coração é fazer a faculdade ou às vezes é mudar de faculdade e às vezes tem nada a ver com faculdade. O que o Henrique tá mostrando, não é que largar a faculdade é o caminho… o caminho é fazer aquilo que você verdadeiramente tem paixão.

E ainda bem que o Henrique seguiu o coração dele. Cara, é surreal o material dele. De verdade pra você, com todas as letras, o que eu acredito: um e-book gratuito que o Henrique distribui na internet sobre algum conteúdo é o estado da arte da parada. É um e-book que ele poderia estar vendendo tranquilamente por R$ 40,00.

Bora falar de conteúdo de Coaching

Eu entendo que pra você conseguir clientes e crescer, existem três etapas de fechamento. Primeiro você se relaciona com o seu cliente ideal, depois você convida ele pra fazer uma sessão matadora, que seria uma sessão de clareza gratuita. Faz a sessão, vira campeão mundiaaaal daquela sessão, muda a vida do cara, ajuda a transformar a vida dele em uma sessão e aí sim você oferece pra ele ficar contigo por um processo inteiro e você fecha o cliente.

O grande ponto é, o que eu posso fazer pra essa galera que eu quero me relacionar, prestar atenção em mim pra querer fazer uma sessão comigo.

Henrique:  Eu defendo um modelo que é bem parecido com o que o Geronimo falou das três etapas. É o ARV: Atrair, Relacionar e Vender. Todo mundo hoje tem a decisão de acompanhar quem quiser e escolher o meio de comunicação que ela quer fazer isso. Eu defendo que a comunicação hoje segue dois pilares.

Henrique: Os dois pilares são: atenção e confiança. Atenção é como você é descoberto por outras pessoas. Pra isso, é fundamental você criar muito conteúdo e nesse conteúdo você ter boas chamadas do que você vai falar. Por exemplo qual benefício aquela pessoa vai ter com aquele conteúdo. E esse conteúdo pode ser vídeo, texto, infográfico, áudio, são várias mídias de atuação.

Henrique: Então eu posso gerar atenção com uma chamada matadora, mas se eu não tiver conteúdo de valor, não gerar valor para o público alvo, possivelmente você não vai ter confiança. E nesse modelo de conteúdo de Coaching, se você chegar na sessão matadora sem gerar confiança, você não vende. Até atrai, mas como não gerou confiança, pode ser que não funcione.

Henrique: É como se eu pegasse uma roupa de Batman e saísse correndo igual um maluco, eu iria chamar atenção, só que qual confiança geraria? Nenhuma!

Henrique: A confiança é você realmente saber do que você está falando, só o fato de você se expor pro mundo, fazer um vídeo, escreve um artigo, produzir um podcast é incrível. Você vai escolher o melhor formato pra você, mas escolha a frequência que você vai publicar, por exemplo três vezes por semana no Youtube e tenha consistência. E essa é a palavra-chave.

Henrique: Depois que você definiu o assunto que você vai falar a consistência vai ser você conseguir seguir a frequência. Então se você definiu postar três vezes na semana, a consistência é você toda semana ter três postagens para o seu público ideal. E aí você tem a atenção daquelas pessoas e a confiança vai ser gerada pelo conteúdo. Ela vai estar muito mais preparada pra no futuro ter um relacionamento financeiro com você.

Agora de forma simples Coach, você pode fazer isso em um grupo de whatsapp por exemplo. A lógica é a mesma. Você cria um grupo, atrai pessoas pra esse grupo aí lá dentro gera valor com conteúdos memoráveis e com consistência.

Vamos imaginar que você defina que vai mandar áudio toda manhã pra essa galera. “Ah Geronimo, mas e se eu não tiver conteúdo”. Leia livro, você é Coach, você gosta de ler livro! Ai você de forma sempre íntegra, vai mandar o áudio da manhã sobre alguma frase que leu no livro. Falando sempre qual o livro, a frase, o autor e o pesamento que teve sobre aquilo.Eu, Geronimo, adoraria estar em um grupo do Henrique em que toda manhã ele me falasse a frase que fez diferença no livro que ele tá lendo no momento.

Massa, então você atraiu e tá se relacionando, gerou confiança porque você tá falando de um livro que você tá lendo e que o cara necessariamente não tá ou às vezes nem conhece, você tá encurtando o caminho do conhecimento pra ele.

E aí der repente você vai nesse mesmo grupo e fala “vamos fazer o seguinte, pra esse grupo aqui eu vou oferecer 10 sessões de coaching por tal investimento” e aí pronto, já seria a etapa final da produção de conteúdo.

Henrique: Então, pra fechar. ARV = Atrair, relacionar e vender. Galera, realmente simples! A questão é: tem que ter execução, tem que ter frequência, consistência, tem que ter mindset pra seguir nesse caminho.

Uawwww e se você curtiu essa troca de ideia com o Henrique deixa aí nos comentários se fez sentido pra você e se surgir alguma dúvida põe aí também. Quem sabe a gente responde em um próximo vídeo juntos 😀


Pra você evoluir ainda mais como Coach, acho que você vai curtir esse artigo sobre crenças limitantes x crítico interno. Eu recebo váááárias perguntas sobre isso e resolvi responder de um jeito que seja a porta de entrada pra esse conteúdo, que é muito importante e sério!!

5 Comentários

  1. Anônimo

    Sim realmente faz muito sentido.
    Obrigado pelas valiosas dicas!
    Parabéns pelo conteúdo Gerônimo.

    Responder
  2. Simone

    Muito interessante esse texto! Às vezes penso em fazer algo nesse sentido! Quem sabe uma hora dessa o faço! Excelentes dicas!

    Responder
  3. Lisiane

    oi Geronimo!
    Concordo para vender uma ideia precisa saber oque está falando, portanto precisa ler……quando você menciona produz, expõem oque leu, oque entendeu para outros terem curiosidade e questionar sobre isso, assim irá vender. Na minha areia de atuação sempre dissemos: – produz oque você fez, começa a colocar no papel sua experiencias neste conteúdo assim irá crescer a profissão e você também.

    Responder
  4. NATHANAEL LUCAS MUNIZ FILHO

    Faaala Gerônimo, blz? Então eu entendi quase tudo que vcs disseram, só não ficou claro o lance de CRIAR um grupo na zap.
    Essas pessoas do grupo de zap, quem são? São pessoas já conhecidas, desculpe não entendi me ajuda aí, estou precisando muito de cliente pagantes !
    Um forte abraço
    Nathanael Muniz
    Coach ( formação em agosto do ano passado).

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.