Uma habilidade que todo Coach deveria ter…

Vou falar sobre uma habilidade que todo Coach deveria ter e como você adquiri ela 🙂 se liga, direto ao assunto aqui… nós podemos caracterizar a presença de dois jeitos:

1 – presente/ausente

2 – presente/presente

Eu não sei se você já viu algumas pessoas que estão ali conversando contigo, mas estão ali no WhatsApp, e só responde “sim, sim, claro” mas não desgruda o olho da tela do celular… essa pessoa está presente/ausente. E existe a presença/presente, que o cara deixa o celular na mochila, vira de cabeça pra baixo na mesa e está olhando para você.

Então a maioria dos autores que estudam sobre presença, de estar presente, falam que estar 15 minutos na presença/presente vale muito mais pra uma criança do que, por exemplo, do que 1 hora de presença/ausente.

O que acontece com o Coach: nós como Coaches muitas vezes estamos presente na sessão, mas está presente/ausente. Ahhhh mas como assim Geronimo? É mais importante do que você possa estar imaginando… às vezes você está com o Coachee, mas tá pensando na próxima pergunta, tá pensando na próxima sessão, mas você tá pensando nos seus medos.

E cada vez que acontece isso, você deixou de ser presente/presente e virou presente/ausente. O que que isso faz com você? Perde presença plena com o seu Coachee naquele momento e isso impede, muitas vezes, de você ter a pergunta certa.

Fazer a pergunta poderosa tem a ver com o momento também… a pessoa falou, você percebe estando com atenção plena e tum, na hora H, faz a pergunta. Shirzad Chamine que escreveu o livro Inteligencia Positiva defende que uma forma de você desenvolver o seu coeficiente de inteligencia positiva tem a ver com estar presente, para de conversar com você mesmo e uma forma que ele sugere é que aconteça conexão com os nossos sentidos: tato, paladar, olfato, visão e audição.

Cada vez que você dá atenção para os seus sentidos, você está se conectando com o seu presente/presente. E cada vez que você se conecta com o seu momento presente, você desconecta do depois, do antes, do “e agora?”. E assim você treina a presença plena, tá?

Resumindo: você pode brincar à vontade com os seus 5 sentidos. Busca permanentemente se conectar com isso, começa nas coisas pequenas, por exemplo, sentindo o toque dos seus dedos um nos outros.

Sabe porque? Normalmente as coisas grandiosas, são decorrência de várias coisas pequeninhas feitas. Faça um desafio, dê a sua mãe, filho, esposa, marido, 5 minutos de presença/presente, largue tudo, conecte-se nele, ouça com amor e aí você vai treinar uma das maiores habilidades que o Coach tem que ter que é estar presente/presente. Beleza?

Espero que você tenha curtido!!!

Se você estiver presente/presente, você pode perceber que o seu Coachee planejou mal a rota para a realização. E aí o que fazer? Eu escrevi um artigo sobre isso, dá uma olhadinha aqui 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.