Como Começar a Dar Palestras ou Começar Algo Novo?

Faaaaaaaaala coach!

Vou falar contigo sobre como começar a dar palestras ou algo novo na sua vida. Isso vale pra qualquer pessoa!

Existem alguns paradoxos, e um dos mais tradicionais é o do começo. É o sair da inércia. Como eu não tenho cliente, as pessoas não me procuram como coach… como eu não dou palestra, as pessoas não me procuram para dar palestra. Entende?

Isso que eu vou falar serve pra praticamente todas as atividades na vida… como eu não fiz isso ainda, ninguém me procura pra fazer isso… como eu não fiz isso, ninguém me procura ainda. E aí a gente fica preso no paradoxo do início, da inércia.

Pra você entender bem eu vou voltar um pouquinho na minha história como palestrante!

Eu sei que muitas pessoas ficam presas numa briga mental… nossa eu paguei caro pra aprender isso, de jeito nenhum eu vou fazer isso de graça… inclusive a gente ouve outros especialista dizendo: não, você pagou caro por isso, jamais dê isso de graça. Eu respeito todos os caminhos que levam a um resultado, mas vou dizer a você o que funcionou pra que eu vivesse de coaching.

Eu entendi que as pessoas precisavam me ver como coach.  Eu precisava praticar. Então eu comecei a fazer coaching gratuito (existem técnicas pra fazer isso de forma correta), inclusive, no profissão coach eu ensino isso!

Mas, então, eu comecei a fazer coaching gratuito, e o que isso gerou?
Uma hora eu tava saindo de casa e alguém me perguntou: tá indo pro trabalho gerônimo? Eu respondi, “não, tô indo fazer uma sessão de coaching com meu cliente”.  Se liga! Eu só posso dizer que eu tô indo fazer uma sessão de coaching com meu cliente se eu tenho cliente… mesmo que gratuito. Outra situação que poderia ocorrer: “Geronimo bora jogar um futevôlei hoje, cara?… hoje eu não posso, tenho cliente pra atender… cliente de que?… de coaching… a você tá atendendo como coach?… tô”, se ligou?

E aí, porque eu estou atendendo, mesmo que gratuitamente, agora as pessoas sabem que eu tô atendendo, sabem que sou coach e começam a querer saber mais sobre!

Fazendo isso eu quebro o paradoxo da inércia. Entende?


E como é que eu fiz isso em palestra? No meu caso, eu era servidor público, eu desenhei uma palestra e comecei a oferecer gratuitamente. Quando eu cheguei pra dar a minha primeira palestra levei um microfone que eu comprei… pensei: vou levar um microfone sem fio, porque aí eu vou tirar uma onda com aqueles microfones igual da madonna, no rosto, haha. É claro que não precisava disso. 🙂

Cheguei lá, era uma salinha com 15 pessoas… e no meio do caminho as pessoas perguntavam e eu respondia: eu vou dar uma palestra lá no ministério público. O que acontece quando eu faço isso? Eu movimento a força do universo. Antes eu vibrava na força da inércia…

Então qual é a dica?

Se você quer ser palestrante, começa a dar palestra! A melhor forma de começar é começando. Às vezes a gente fica preso naquela batalha mental… como eu começo, que equipamento… não tem que ter equipamento nenhum! Que igreja você frequenta? Que, de repente, você pode dar uma palestra pra um grupo de pessoas?

“Geronimo, não frequento nenhuma igreja.” Então passa a frequentar! Que espaço da herbalife você frequenta, que você pode dar uma palestra sobre emagrecimento? Não frequenta nenhuma? Então passa a frequentar!

Não existe milagre ou botão mágico!

Talvez você possa fazer a palestra na escola do seu filho, na academia que você frequenta, na igreja que você vai… uma hora vai aparecer uma oportunidade de palestrar, você se prepara e vai!

Então, qualquer coisa que você queira fazer na sua vida, você tem que quebrar o paradoxo do começo! A gente precisa dar os primeiros passos. Por isso que insisto: se você não tem como começar remuneradamente, comece gratuitamente.

Crie relacionamentos e vínculos pra que você possa começar gratuitamente. Se prepare. Se fosse fácil todo mundo faria. Na hora de falar, fale com autoridade de palestrante. Primeiro seja, pra depois fazer e depois ter. Muita gente quer ter sem ser e sem fazer. :/


Permita que as pessoas perguntem onde você está indo! Dê quantas palestras forem necessárias para que as pessoas comecem a perceber que você é e você faz e logo você vai ter. 🙂

Geronimo e se eu começar a dar um monte de palestra gratuita e ninguém quiser me contratar? Aí talvez você precisa parar pra avaliar a sua palestra e o seu nível de entrega.

Você vai perceber se a sua entrega tá boa… quando as pessoas pra quem você está dando palestras… se elas vão te chamar de novo, quando seus clientes gratuitos começarem a indicar você clientes pagantes.

Faz sentido pra você?

Comenta aí embaixo ou compartilha a sua experiência comigo!

5 Comentários

  1. Charles

    Boa tarde, Prezados.

    Gostaria de saber maiores informações sobre o curso As 10 ferramentas de coaching. Como faço para me inscrever? Quanto custa? É presencial ou online?

    Responder
  2. Pedro Henrique Gomes

    eu quero dar palestra motivacionais porem nao tenho nenhuma especialização tenho so a vida e oq ela me ensinou msm sou paraplégico pai de 4 filhos atleta de aventura faco ciclismo de montanha e queria falar para as pessoas como faco como encaro as dificuldades da vida como faco pra me superar dia apos dia ……eai qual seu concelho para mim

    Responder
  3. ANALICE DEMANBORO GONCALVES

    Nada é por acaso e este texto era tudo que precisava ler hoje!
    Ganhou meu respeito.
    Gratidao!
    Analice Coach de Vida

    Responder
  4. Andre Martins

    Olá Geronimo!
    Gostaria se saber como faço pra fazer minha formação de Coaching com você. Faz tempo que sigo você nas redes sociais e gostaria muito de me especializar nesta área.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.