Precisa ter energia para ser coach?

Será que precisa dar pulinho pra ser coach? Precisa ter energia pra ser coach?

Vamos falar sobre isso!

Essa foi mais uma pergunta que a gente recebeu: “Geronimo, eu tô pra começar minha formação em coaching semana que vem e meu sonho é ser coach. Sei que pra ser coach, demanda uma grande energia… como fazer se a pessoa sente ou acha que não tem a energia necessária pra doar pra outras pessoas?”.

A primeira coisa pra se ter em mente é que a energia pode ser demonstrada de várias formas. Eu demonstro pulando! Falando rápido, alto. Esse é o meu jeito 🙂

É aquela parada de perfil comportamental. Eu tenho um perfil muito comunicador, e o comunicador tem uma tendência a externar a energia mais desse jeito. Mas pessoas diferentes têm perfis de comportamento diferentes, então cada um tem uma forma de externar energia. Se ligou?

Agente não pode confundir ter energia com ser extrovertido. Existem muitas pessoas que são mais introvertidas que tem uma baita energia! Então esse é o primeiro ponto que não quero que você confunda.

Sobre doar energia…

Vamos falar assim, quando eu doo energia… eu tiro energia de mim. Então, eu posso perder essa energia. O que eu gosto de pensar é que eu PROPAGO energia, eu TROCO energia com as pessoas. É só você se ligar: “o que eu vejo, eu crio”. É uma forma diferente de ver, mas que faz muita diferença.

Então, hoje eu não doo energia, eu propago energia pro meu coachee, mas mantenho a energia comigo. Eu ajudo ele a aumentar a energia dele sem doar a minha. Beleza?

Agora, realmente… algumas pessoas tem dificuldade em propagar sua energia. E geralmente essa dificuldade vem de dois pontos. O primeiro ponto é o orgânico. Algumas pessoas se alimentam muito mal. Eu era assim. Vivia com o olho inchado, com sono, a minha pele não era muito boa, então eu melhorei a minha alimentação. Nós coaches temos que nos ver como atletas de alta performance, então é necessário que a gente se alimente bem.

O segundo ponto é que as vezes agente se auto consome com os nossos pensamentos. A gente tem que cuidar da nossa energia mental pra gente não se tornar uma pilha que se auto consuma. Esse tipos de pensamentos oh: será que meu coachee ta gostando, será que a sessão tá boa, será que eu tô sendo um bom coach… quanto mais eu penso nisso, mais eu consumo minha energia.

Então eu sempre digo. Não é sobre mim… é sobre o outro. Quando eu tô numa sessão de coaching a sessão não é sobre mim, é sobre meu coachee.

Então resumindo!

Eu preciso ter energia pra ser coach? Claro! Pra qualquer profissão. Tem que ter energia pra viver. Contudo, energia não é dar pulinho. As pessoas externam energia de diferentes formas. E mais… não doe energia, propague. Se alimente bem e cuide pra não se autoconsumir mentalmente.

Curtiu?

Deixa aí um comentário!

Vou adorar saber o que você tem a dizer. E aproveita pra deixar sua pergunta também! Ela pode virar um post no blog!

2 Comentários

  1. Daniela Raulino

    Amei o post Gerônimo!
    Faz muito sentido…
    Falando nisso essa frase ” a gente cria o que vê ” escutei no TG e ficou, vai ficar pra sempre.

    Vc é o melhorrrrrr

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.