Qual o melhor nicho de Coaching?

Qual que é o melhor nicho pra atender como Coach, pra viver de coaching que tem hoje?

Vamos começar do começo. Eu preciso, necessariamente ter um nicho?  

Existem Coaches que vão ter sucesso sem ter nicho. Eu já treinei milhares de Coaches pra ter sucesso como Coach e eu vejo claramente que aqueles que estabeleceram um nicho tiveram muito mais chances de ter resultado e viver de Coaching do que os que não estabeleceram um nicho.  

Aqueles que ficaram no generalismo não tiveram tantos resultados quanto aqueles que estabeleceram um nicho. 

Bora entender porque! Pense comigo!

Os benefícios de nichar

Se eu viro pra você e falo assim: “eu tô falando com gente”.

Aí você fala… um beleza… eu sou gente.

Agora, se eu falo assim: “eu tô falando com gente que é mulher”.

Eu “perdi” os homens, mas as mulheres já passaram a prestar MAIS atenção em mim.

Mas e se eu falar com mulher que trabalha fora?

Ou com mulher que trabalha fora e é mãe?

Quanto mais você vai especificando com quem você trabalha, mais aquele grupo presta atenção em você.

Você começa a falar o linguajar daquelas pessoas, você começa a falar das dores daquelas pessoas.

Vamos pegar o tema emagrecimento.

Quando eu falo sobre emagrecimento pra pessoas que tem obesidade mórbida, por exemplo, as dores são diferentes das pessoas que querem emagrecer por estética. 

Quando você cria um nicho você consegue falar das dores específicas daquele nicho, daquela especialidade.

Vou te dar alguns exemplos de nichos da minha empresa.

Aqui no IGT, na formação em Coaching Criacional (FCC), o aluno se forma e se torna habilitado pra atender como Coach, como Life Coach,  Professional Coach. Num segundo nível, existe a especialização. 

A especialização é normal em diversas profissões. No Direito, na Medicina, na Engenharia, na Odontologia, etc. 

No IGT a gente tem as especializações Carreira e Executivos e a  ECCS (Especialização em Coaching Criacional de Saúde)

E qual é o melhor nicho pra trabalhar?

2 Maneiras de escolher seu nicho de Coaching

Existem 2 formas de você olhar pra especialização. 

Uma forma é pensar: qual dá mais dinheiro? Ambas as especializações remuneram muito bem. Mas eu sugiro que você não escolha o seu nicho pela remuneração. 

Chega uma hora que aquilo vira só trabalho e quando algo vira só trabalho não tem dinheiro que mantenha você motivado. 


Falo isso do fundo do meu coração: trabalhe com um nicho que dê a você paixão de trabalhar com aquilo. 

Eu, por exemplo, não sou o cara que lidaria bem com tratamento oncológico. Não é uma área que me atrai.


No IGT a gente tem uma parceria com o Doutor Rafael Brandão, um dos melhores oncologistas do Brasil. Ele trouxe de Harvard, um estudo científico que valida o quanto o Coaching ajuda no tratamento oncológico e doenças cardíacas. Não é uma área que me atrai. É uma especialização incrível.

Escolha o nicho pela vontade de fazer a diferença na vida daquelas pessoas. Quando a gente tira o cifrão do olho, ele vem pro bolso.

Criar um novo nicho de Coaching?

“Geronimo, eu quero criar um nicho, vou ser Coach de cantor de forró”. 

Provavelmente você vai criar um nicho que talvez nem exista, mas se você faz aquilo com paixão, as chances de você evoluir são muito grandes.

Então, o melhor nicho é aquele que te dá paixão. Trabalha duro, gere transformação, que você vai ser remunerado na medida que você gera pros seus clientes.  

Faz sentido pra você? Comenta aí embaixo e deixa eu saber!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.